09 DE DEZEMBRO

|

Informativos por E-mail

PUBLICIDADE

Igor Moiá se credencia entre os grandes depois de vencer o mito Celso Vitório

Publicado em 10 de Dezembro de 2020 por Rodrigo Martins

Renan foi preciso na hora certa para se tornar bicampeão do Portal
O dia 9 de dezembro de 2020 entrou para a história de um vaqueiro que começou a aparecer para vaquejada nacional na temporada passada e já se tornou a revelação. Igor Moiá foi apenas o décimo quinto no Ranking Portal Vaquejada este ano. O seu cavalo Mr Spaceman Silver (Roxão x Ubarana Gray VP) conquistou 55 pontos, na 14º colocação na categoria Profissional. A pontuação se deu graças a um segundo lugar conquistado na pista do Parque Rufina Borba há um ano, durante a final do Portal. Já Igor Moiá pontuou em três oportunidades, duas no Rufina Borba e outra no Fernando Lucena.
 
Mas hoje foi a prova de fogo na pista do Parque Rufina Borba, em Bezerros-PE. Sete rodadas de muita adrenalina e Igor foi desbancando nomes como Renanh Tobias, Raulzinho, Adjailson Paiva, entre outros. No momento decisivo restou ninguém menos do que Celso Vitório. O alagoano coleciona seis títulos do CPV Profissional e um troféu Campeão dos Campeões. O objetivo do mito era quebrar a marca de ser o primeiro vaqueiro a conquistar este título pela segunda vez.
 
Celso montou Question Par Three e jogou duro fazendo valer os bois com muita segurança. Na sexta rodada, Vitório contou com um lance de pura sorte quando conseguiu dar retorno no boi a poucos centímetros da primeira marca da cal.
 
Porém, a noite estava reservada para Ígor Moiá brilhar. Com uma apresentação difícil na sétima rodada, o seu boi saiu do brete e cruzou a pista se colocando na posição oposta da sua puxada. Em seguida, a dupla conseguiu alinha o boi rumo a puxada de direita e o cearense fez valer com certa segurança. O esteira Verdinho Silva também estava pronto para a defesa, mas o boi foi muito bem colocado.
 
Logo em seguida, Celso Vitório entrou na pista. A apresentação também não foi como as habituais. O hexacampeão saiu atrás do boi e ainda acionou a puxada de esquerda, mas não obteve sucesso.
 
Assim, começava a festa da equipe Integral Mix e da família Ana Dantas Ranch que viu mais um filho do Roxão vencer a prova mais difícil do ano. O conjunto campeão ganhou uma moto zero km da premiação Roxão, outro moto da premiação Integram Mix, além dos prêmios do CPV 2020.
 
 
Fonte: www.jornaldovaqueiro.com.br